Pesquisar neste blogue

A carregar...

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Opinião "Eve e a Destruição"


Depois da iniciação de Eve à sua nova vida e à guerra constante que se trava entre os irmãos Abel e Caim, a nossa heroína vem uma vez mais comprovar que é um íman para o caos, para a confusão.
Ou será que ela apenas tem noção do perigo que corre desde que estes dois pedaços de mau caminho entraram na sua vida?
Será Eve um peão nas mãos de Caim e Abel ou o instrumento mortal da sua desgraça?
Se depois de tudo o que Eve passou no primeiro livro pensávamos que as coisas iam acalmar estavamos redondamente enganados.

Enquanto os acontecimentos na firma se desenvolvem e sobem de tom, a história com os três personagens chave é constantemente alimentada e nós não podíamos estar mais debruçados sobre ela.

Caim, loucamente apaixonado, incorrigível e determinado, sente-se apreensivo em se afastar de Eve em qualquer momento que seja. Desde a sua propensão para os sarilhos à atracção escondida que ela sente por o irmão, Caim sabe que longe de Eve nunca será o melhor lugar para estar mas acima de tudo não pode ignorar ordens

Abel, que dispõem dos seus meios secretos para subir na hierarquia e sobrepor-se ao irmão, vê os seus planos encravados com os acontecimentos loucos que se sucedem em catadupa neste livro e que lhe trocam as voltas, mais do que Evangeline Hollis a mulher que não devia mas que não resiste cobiçar. Abel só descansará quando ela vier até ele, não por motivos a que a marca a sujeita, mas por livre e espontânea vontade, consciente da ligação que os une e da atracção mútua.

De longe um dos triângulos amorosos que me dá mais gosto ler, até porque não gosto de ângulos bicudos e número ímpares, há sempre alguém que sai magoado.
Neste caso, será Abel ou Caim quem sente o peso do dever e o potencial afastamento da mulher que ama?
E Eve? Quem irá escolher? Caim? Abel? Ela própria? O serviço da marca ou a sua contra parte negra?

No final deste livro já tem um excerto do terceiro livro mas acho que o vou guardar para quando me der as saudades desta triade de pecado ao serviço do Senhor. ;)

Até lá, fiquem a conhecer os dois primeiros volumes da série de Eve

Uma aposta

Sem comentários :