Pesquisar neste blogue

A carregar...

domingo, 16 de outubro de 2016

Opinião "After 5"


Ufa que jornada!
Quando comecei a ler After nunca pensei chegar aqui. 
Bati os pés, fiz birra, aborreci-me com o livro, tive vontade de bater no Hardin, de mandar um balde de água fria à Tessa e até já se me doíam olhos de tanto os revirar. Mas fazendo jus ao velho ditado português "primeiro estranha-se, depois entranha-se", After rastejou bem fundo e cravou-se-me na pele desde aquelas últimas páginas do primeiro livro.
Quando fechei "AFTER" (o primeiro) sabia que estava perdida e que só voltaria a ter paz quando finalmente conseguisse ver fim a esta história, ao tumultuoso romance "Hessa".

Deixámos Hardin e Tessa num ponto crítico no último livro. Curiosamente não entre os dois, para variar. A paz momentânea que alcançaram depois da montanha russa com mais altos e baixos que já vi na minha vida, é subitamente ameaçada com a bomba que explode na vida de Hardin e cujos estilhaços se vão cravar bem fundo na carcaça e cabeça dura que é este rapaz. Por consequência e não fugindo ao que já vimos acontecer anteriormente, Hardin consegue alienar tudo e todos, até Tessa que é capaz de vergar as leis do universo para o desculpar uma vez mais.
Mas há coisas que são ditas que não podem ser desditas e atos que uma vez feitos não podem ser desfeitos. 
Dizem que no fim tudo acaba bem e que se as coisas ainda não estão bem, é porque ainda não é o fim. Mas será que antes de tudo acabar bem, vai piorar como nunca antes piorou?
Pensam que é impossível?!
Leiam para crer!


Vivi e sofri com os avanços e recuos, com o começa e acaba e com os altos e os baixos. Hardin e Tessa puxaram toda a gente, incluindo o leitor, para uma centrifugadora emocional que nos deixava zonzos e cansados mas habilmente desorientados para nos dirigirmos novamente até eles para ver o que se ia passar de seguida ou quando iam finalmente ganhar juiz e finalmente serem felizes.
Questão é que, por vezes, a única maneira para a pessoa que amamos ser feliz, é estando longe de nós.
Haverá um final feliz para Hardin e Tessa ou será este o último capítulo do ciclo vicioso a que nos habituaram ?

Já sabem....de mim não levam mais nada. Vão ter de ler para ficarem a saber.

E agora sobre outro assunto de interesse...
LANDON!!!
Miúdo, tu conseguiste subir o factor de interesse ao longo dos livros da série After. Agora fico à espera para saber o que encerram os dois anos que viveste em Nova Iorque e que te levaram a ganhar a estaleca que vemos aqui.
Para quando o livro do Landon?
Oh não...
Que droga!


Sim, sei que há um BEFORE, com pontos de vista de Hardin e de outras personagens na época que antecede a entrada da Tessa em cena mas sinceramente, acho que não tenho forças para o ler, não depois do meio deste último livro para a frente.

O que me dizem? Depois de AFTER estão dispostas para ficar a conhecer um BEFORE?

Mas até lá, ao Landon ou ao Before, fico com os eternos avanços e retrocessos de Hardin e Tessa, que na minha cabeça tocam ao som de "505" dos Artic Monkeys


"AFTER" é uma aposta
Para mais informações, consultem o site Editorial Presença
Releiam a opinião aos restantes livros da série aqui

Sem comentários :