segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Opinião "À conquista do teu coração"

Capítulo final
Quatro dias e meia dúzia de horas desde que terminei a história de Abi com um sorriso nos lábios.

A lista dela contagiou-me...
Escalar uma montanha? Bora! 
Aprender windsurf? Porque não? 
Conquistar um grande amor? Epah vamos lá com calma. É capaz de ser mais fácil fazer rapel da Torre Spinnaker juntamente com a Abi .


Começamos com Abi a levar com os pés quando o namorado, com quem namora ainda não fez um ano, decide que as diferenças entre ambos são mais que muitas e que não tem lógica continuar uma relação nesses termos. 
Devastada e incapaz de suportar a distância daquele que diz ser o grande amor da sua vida, Abi entra numa espiral de pouca higiene, comida gordurosa e auto comiseração.
Parece-vos familiar? Acho que toda a gente já teve um momento assim.
Abi tem um pouco de todas nós. Incapaz de perceber quando o fim chegou, luta contra uma corrente que não tem volta a dar. Por isso, engendra um plano que, segunda aquela cabeça ingénua, lhe vai trazer pelo meio de desafios, likes e artes mágicas o seu namorado de volta.
O que Abi não sabe é que ao encontrar e realizar a lista de desejos do ex namorado, está a abrir um horizonte que depois pode não quer voltar a se encaixar na realidade já conhecida.

"À conquista do teu coração" é familiar, divertido, amoroso e com uma dose adequada de empurrão "sai da tua zona de conforto".
Com Abi damos os passos necessários para recuperar um amor perdido, aquele mais importante de todos, o por nós próprias. Oh raios, bem que ela dizia que faz desta frase soava a cliché.


Uma comédia romântica adorável e hilariante com uma boa dose de adrenalina.  
Sem dúvida uma história que daria um filme divertidissímo e que nos faz ter vontade de criar a nossa própria lista de coisas a fazer antes dos 40.
Acho honestamente que vou começar a preparar a minha.
E vocês?

"À conquista do teu coração" é uma novidade

Sem comentários :