quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Opinião "Reencontro com o Amor"

Podemos mudar de carro, de emprego, de cidade e até de ideias mas será que conseguimos mudar o que sentimos por alguém por mais kms e anos que coloquemos entre nós?
"Reencontro com o Amor" é uma história divertida, honesta, que toca em todos os que deixaram escapar alguém e que foram demasiado parvos para o perceber ou até remediar.


Ruby faz a sua vida em Nova Iorque, isto é, se pudermos chamar aos seus dias de workaholic uma vida. 
Dedicada e habituada a dar o litro, Ruby faz tudo para ser bem sucedida na sua carreira na área de marketing, mesmo que isso implique aniquilar por completo a sua vida pessoal, familiar e social.
Por isso, quando a irmã decide levar os seus planos de casamento de sonho para a frente, Ruby vê-se obrigada a viajar para Inglaterra para uns quantos dias de privação laboral, obrigação familiar e contracção cardiovascular, pois nada podia ser pior do que voltar voltar ver o ex namorado com quem nunca mais falou desde que se separaram.
E sabem aquele momento em que encontramos um ex namorado e pensamos "onde raio tinha eu a cabeça para ter namorado este tipo"?
Pois bem, Ruby questiona-se mais "porque é que já não namoro com este deus grego bem sucedido e simpático?"

10 anos volvidos desde a sua ruptura, Ethan cresceu, tornou-se um empresário de sucesso e continua a ser estrondosamente giro. 
Realmente Ruby tem azar! :)
Porque é que Ethan não podia ser como os ex das outras e estar a ficar careca?
Ou será que é bem feito por ter deixado escapar uma monumental oportunidade para ser feliz? 
O que aconteceu para afastar este casal que tinha tudo para dar carro?

Numa narrativa alternada entre o presente e o passado, vamos avançado na semana de casamento entre de irmã de Ruby e o melhor amigo de Ethan. E se quando a família se junta em casamentos e funerais há sempre histórias hilariantes para contar e mal entendidos para resolver, garanto-vos que só pelas personagens secundárias deste livro ficamos rendidas à história de "Reencontro com o amor".
Mas depois o meu coraçãozinho dado a amores perdidos e reencontrados sucumbe por completo à história de amor destes dois e da dinâmica espectacular que se perdeu porque foram cabeçudos e nunca falaram do que os perturbava. Não é esse um dos maiores problemas da vida a dois, a falta de diálogo? 

Cinematograficamente arrebatador, "Reencontro com o Amor" é uma leitura que nos deixa com um sorriso nos lábios e com o pensamento que nunca é tarde para dar uma reviravolta à nossa vida.


New york had lied to me, I needed the truth
Oh, I need somebody, needed someone I could trust
I don't gamble, but if I did I would bet on us

Uma novidade

Sem comentários :